segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Quatro anos! Eba!!!!


Agradeço a todos que passam por aqui,
comentam e seguem este blog.
Tenho aprendido muito sobre crochê
e espero que as publicações deste blog
também tenham sido úteis para vocês.

Grande abraço, bons crochês!

sábado, 28 de novembro de 2015

Cafés pelo mundo

A Hypeness publicou matéria sobre 10 cafeterias diferentes que deveriamos conhecer.

Os cafés são ótimos pontos de encontro, de relaxamento e até bazares. 
Melhor ainda quando se misturam com armarinhos.
Conheça a encantadora casa de chá
L’oisiveThé , em Paris, França




Fotos © Chiffon Brodeuse

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Como forrar peças de crochê

Me pediram para descrever ou gravar um vídeo explicando
como forrar biquíni e cropped, mas não sou boa nisso.

Vou mesmo é compartilhar a postagem de uma blogueira
que divulga muitas coisas legais:


"CrocheLinhasAgulhas"
este blog é minha inspiração diária.
 Nele encontro trabalhos lindos, pontos, dicas, tendências e mais sobre crochê.

Um grande beijo para a companheira Janelice Bastiani.

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Biquíni

Para quebrar um mês de poucas postagens,
um passo a passo para ajudar quem precisa de um biquíni novo.

Não sou muito boa em seguir receitas, 
muito menos sei fazê-las,
mas tentarei explicar como tecer. Espero ajudar.

Para a parte superior, faça um bojo, seguindo a receita de sua preferência.

Gosto de iniciar com 14 correntes e seguir com pontos baixos, para que a peça fique mais firme e fechada.



Este modelo é um "cortininha".
Para colocar o cordão, fiz um passante,
intercalando dois pontos baixos e duas correntes.


Para a volta de cada bojo, trabalhei com ponto leque até o meio da peça,
onde iniciei um cordão para amarrar.


São mais ou menos 55cm de correntes para o cordão.


Retorne com ponto baixo para finalizar o cordão
e continue o leque até o arremate.




Faça mais uma parte igual para o segundo bojo.
Também  um cordão com corrente e ponto baixo para juntar as duas partes,  passando-o pelos "furinhos" de cada bojo.


Dica: trabalhe com as duas partes ao mesmo tempo, 
uma carreira em cada parte, se não quiser anotar ou desenhar ponto e carreira, para que ambas saiam iguais.

Para a parte inferior, também utilizo ponto baixo, seguindo o tamanho da tanga do biquíni de quem vai usar.


Faça uma carreira de ponto baixo na volta da cava da perna
até uma das extremidades, começe o cordão com correntes
e volte com ponto baixo.




Continue o ponto baixo até a outra extremidade 
e faça outro cordão com corrente e ponto baixo.



Contorne a outra cava e arremate.

Meça e marque parte iguais para o cordão
e para a parte do babado.

Faça uma carreira de ponto alto para iniciar o babado.


Na segunda carreira, intercale um ponto alto, uma corrente, um ponto V,
e finalize com um ponto alto.

Dica: se precisar, pule um ponto base (ponto da carreira de baixo) a mais,
para que termine com um ponto alto.


Na terceira carreira, inicie com ponto alto,
 seguindo com dois altos/corrente/dois altos, 
para cada ponto V da carreira inferior.


O mesmo para a quarta e quinta carreiras.





Faça a quantidade de carreiras que desejar para o babado, arremate e execute o mesmo para o outro lado.



Coloque forro em seu trabalho para ficar mais agradável
de usar e divirta-se com sua peça exclusiva.


Utilizei linha Pingouin Bella, 100% algodão mercerizado
e agulha 3.5mm.

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Para iniciantes

A Círculo tem um canal com aulas, dicas, tenências,
especificação de materiais e muito mais
para quem adora trabalhos manuais.


Outra dica é para quem quer aprender crochê:


Bons crochês e divirtam-se!

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Feira e Gastronomia

A  Maria Escandalosa convida:

9a  edição da feira "Depois a Maria cresceu..."!


A feira terá artigos de moda feminina, masculina e infantil,


artesanato, acessórios, sapatos e jogatina de Tarô.


E para quem quiser ficar com a gente,


vamos ter um clima super gostoso com música,


comida e guloseimas deliciosas.


Dias 19 e 20 de Setembro, das 11 às 20 horas,


Rua Chamantá, 164 - Mooca - São Paulo


https://www.facebook.com/MariaEscandalosa

terça-feira, 8 de setembro de 2015

Blusa

Neste feriado, eu estava procurando uma linha diferente
em meu baú de relíqueas.
Encontrei esta blusa que, provavelmente,
havia feito para minha filha. 
Ainda bem que encontrei,
pois todo peça merece ser publicada.


Utilizei linha Cléa e agulha 1,25.



sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Bolsa

Para praia, feira, shopping. "Como desejar a freguesa".

Utilizei cordão de nylon , agulha  5mm.


...também um  pouco de creme nos punhos
para tirar a dor dos duros movimentos.

Bom fim de semana para vocês.


quarta-feira, 2 de setembro de 2015

A amiga virtual e blogueira Janelice Bastiani criadora do
republicou Os Mandamentos do Crochê.


Gostei muito, achei útil e vou dividir com vocês:
  • Utilize sempre o melhor material que você tem disponível. Assim, obtém mais prazer no crochê e isso afetará a qualidade do seu trabalho. A vida é muito curta para perdermos tempo em fios de baixa qualidade. Se você tem dinheiro suficiente, lembre-se "menos é melhor". Dê preferência a complexos padrões e modelos com fios finos, então você pode crochetar com menas quantidade de fios e por mais tempo. Compre fios em quantidade para não faltar, fio a mais não é desperdício.
  • Coloque toda a sua habilidade e diligência no trabalho. Um erro, que, como você acha que ninguém vai notar, você mesmo vai ver por muitos anos. Mas isso não é motivo para sofrer mesquinhez. Lembre-se:. Ninguém (e você também) não é perfeito, e alguns erros podem ser convertidos em um elemento de design criativo.
  • Faça crochê apenas para aqueles que serão capazes de avaliar a sua capacidade para o trabalho e terá todo o prazer de vestir a sua obra. Você é valioso demais, para fazer crochê que acumula poeira em armários. Nunca venda seu trabalho abaixo do preço, porque você passou muitas horas da sua vida fazendo crochê. Aqueles que não estão dispostos a pagar o preço certo, pode ser frios ou comparam preço de roupas de uma loja de departamentos. Seja egoísta: Se você gosta de fazer crochê para si mesmo, fazê-lo com alegria e sem remorso.
  • Esteja pronto para ajudar generosamente e compartilhe seus conhecimentos com aqueles que dele necessitam. Mas não seja obsessivo, a sua vantagem é um direito. Sempre mostre respeito pelo trabalho dos outros e divulgue o autor do trabalho. Esteja aberto a críticas, mais que aos elogios, quanto ao seu trabalho. Nós todos estamos aprendendo.
  • Compartilhe a alegria de nosso maravilhoso hobby, com um maior número de pessoas e apoie a próxima geração no desenvolvimento do crochê. Ao mesmo tempo, evite a atividade missionária desnecessária: nem todo mundo pode aprender crochê. Seja tolerante e perdoe comentários não profissional, daqueles que não fazem crochê. Eles não tem conhecimento para avaliar as delícias dos nossos passatempos, e eles não merecem a nossa simpatia.
  • Não deixe que os outros lhe tragam remorso sobre crochê. É apenas o seu negócio, quanto tempo você gasta em um hobby, tudo que te faz feliz, se você é assim não prejudique a si mesma e aos outros.
  • Amostras de crochê - não é inteiramente um desperdício de tempo, elas são obrigatórias para adaptar o tamanho da peça. Os esquemas e instruções não são leis. Você tem o direito, a qualquer momento, para mudar tudo que você quiser, a polícia do crochê não vai prendê-lo por essa violação. No entanto, neste caso, não deve estar zangado com o designer do trabalho, se o resultado é apenas vagamente reminiscente do original ou não gosta dele. Trate friamente para não se atormentar com os nós na bobina do fio, o erro nas instruções ou nós existem apenas para testar o temperamento da crocheteira. 
  • Respeite a autoria do trabalho e evite o plágio. Motive-se em outros trabalhos, mas não se enfeite com elogios de outras pessoas. Dê a seus poderes criativos o tempo e oportunidade para se desenvolver, porque você é um designer escondido.
  • Seja curiosa e corajosa. Não tenha medo de experimentar novas técnicas, mesmo que você sempre faça isso igual sua mãe e sua avó, talvez haja outro caminho. Chochê é a viagem de uma vida: aqueles que andam sempre no mesmo caminho, não podem ver os lugares mais bonitos.
  • Fonte: Tina Hees

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Nova embalagem

Peças pequenas e leves podem ser embaladas em
 duas folhas de papel de seda:


Feche com uma etiqueta:


Sua marca ficará em evidência.

domingo, 30 de agosto de 2015

Raridade

Ganhei alguns novelos de uma crocheteira bem antiga.
No meio, encontrei uma raridade fabricada pela Vicunha,
na unidade do Tatuapé em São Paulo. 



Bom domingo e produtiva semana.

Claudia

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Gola, Cachecol ou Echarpe com fio Mosaico

Golinha rápida e fácil com fio Mosaico.

Apesar de amar crochê, me rendi ao tricô. 


Utilize agulha número 12.
Inicie com 6 pontos (meia ou tricô) e faça 5 carreiras.

Na sexta carreira, aumente um ponto de cada lado,
isto é, no segundo e no quarto ponto.

Uma dica: dê uma torcida no fio antes de colocá-lo na agulha, como se estivesse iniciando o trabalho,
pois ficará mais fácil identificá-lo na próxima carreira.


aumento de um ponto



Faça duas carreiras com 8 pontos.

De duas em duas carreiras continue aumentando um ponto de cada lado, como anteriormente.

Ao finalizar a carreia 21, teremos 22 pontos.

Caso isso não aconteça, não se desespere... 
se for aproximado, nada vai dar errado... continue.

  Aumente mais um ponto de cada lado
e faça mais 4 carreiras.

Em seguida, comece a diminuir os pontos, a cada duas carreiras, até ficar com os seis pontos iniciais.

Finalize seu trabalho como habibitalmente faz.
  

Puxe as pontas dos fios que sobram, 
passando-as entre os pontos finais.


Dê nós cruzados para arrematar e não soltar os fios.



E aqui esta: Golinha Mosaico:


Ainda podemos fazer um grande cordão, como cachecol,
com 10 ou 12 pontos: 


Se preferir, una os pontos finais,
para ficar um cachecol sem fim:



Espero ter sido útil.

Claudia