domingo, 23 de setembro de 2012

Entre o crochê e as flores?

Eu fico com os dois!


Nasci em uma casa com muitas árvores frutíferas e muitas flores.
Lembro-me que brincava de esconder entre as azaléias, samambaias, palmeiras e antúrios. Por isso levava muitas "broncas".

Meu pai me ensinou a fazer mudas de árvores com sementes de frutas e minha mãe a não mexer nas roseiras. A chuva me ensinou a sentir o cheiro de terra molhada e o sol a ver o brilho de seus raios matutinos no pé de café.


Hoje meu jardim é bem menor e são poucas as árvores no canteiro, mas as lembranças voltam e vontade de ter todo esse verde se renovando a cada dia fica maior.

Tenham um bom domingo!
Claudia



Um comentário: